top of page

9 TENDÊNCIAS EM CIBERSEGURANÇA





O Gartner publicou 9 tendências para 2024 na área de cibersegurança, elas estão em dividas em: otimizações com foco em resiliência e otimizações com foco em desempenho. Confira quais são elas na publicação acima.


A boa noticia é que podemos te orientar em cada um dos aspectos.

  1. Expansão do CTEM. (Continuous Threat Exposure Management);

    1. As superfícies de ataque crescem ano após ano. Alguns fatores que contribuem para o crescimento é a adoção de SaaS que expandem as redes de suprimentos digitais, o aumento da presença corporativa nas redes sociais, a mudança nos modelos de trabalho e os diversos canais digitais para interação constante com os clientes.

  2. Expansão de IAM’s  (Identity and Access Management);

    1. É o segundo tópico mais popular de discussão entre o líderes de Gerenciamento de Riscos e Segurança (SRM) que utilizam o serviço de consulta ao cliente Gartner.

  3. Terceiros experimentando incidentes de segurança;

    1. Com a rede de fornecedores digitais também sofrendo ameaças e ataques constantes, os líderes de Gerenciamento de Riscos e Segurança dão maior foco para investimento em resiliência do que em atividades de auditoria e diligência.

  4. Aplicativos voltados para a privacidade de dados;

    1. As empresas multinacionais buscam conformidade em relação as leis de cada país referente a Privacidade de Dados. Os requisitos de proteção e localização de cada nacionalidade resultam na fragmentação forçada de arquiteturas de aplicativos corporativos e práticas de localização de dados.

  5. Inteligência Artificial generativa;

    1. AI (GenAI) em colaboração proativa com partes interessadas do negócio transformará as bases e casos de uso de tecnologias e negócios. Importante ponderar as questões éticas, de segurança e de proteção para o com uso desta tecnologia disruptiva.

  6. Expansão do SBCP’s (Security behavior and culture programs);

    1. Programas de comportamento e cultura de segurança trazem a visão corporativa para minimizar incidentes associados ao comportamento do funcionário.  É um foco promissor na missão de minimizar o impacto do comportamento inseguro dos funcionários. 

  7. Expansão de ODM’s (Cybersecurity outcome-driven metrics);

    1. São métricas operacionais com propriedades especiais, elas permitem com que os stakeholders de cibersegurança enxerguem uma linha direta entre investimentos e o nível de proteção entregue por cada um dos projetos de cibersegurança.

  8. Evolução de modelos operacionais comuns;

    1. Estruturas centralizadas de Tecnologia da Informação vão dando lugar a estruturas por linha de negócios. Os líderes de tecnologia e cibersegurança estão adaptando seus modelos  de operação para atender aos requisitos de cada negócio.

  9. Requalificação de segurança cibernética;

    1. A evolução dos mecanismos e sistemas e informação e segurança exigem dos profissionais da área novos conhecimentos e habilidades. Manter as equipes atualizadas e redesenhar seu mapa de conhecimentos é tão fundamental quanto contratar profissionais com novos perfis. 


Fonte: 2024, Gartner.

1 visualização0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page